Cruzeiro negocia com volante chileno e pode anunciar contratação nos próximos dias

Felipe Seymour, de 27 anos, deve ser o primeiro reforço 'de ocasião' do clube




O Cruzeiro admitiu, nesta quinta-feira, o interesse na contratação do volante chileno Felipe Seymour, de 27 anos. O jogador está sem clube e não atua desde maio, quando defendia o Spezia, da Segunda Divisão italiana. Em contato com oSuperesportes, o presidente Gilvan de Pinho Tavares revelou a necessidade de o Cruzeiro contar com um jogador nas características de Seymour. 

“Tem a possibilidade de a gente contratar. É um primeiro volante de muita qualidade e nosso elenco tem necessidade de mais um jogador como esse. Se der certo, a gente vai buscar. Estamos conversando”, revelou. 

A reportagem apurou que, se o acordo for firmado, o vínculo com o Cruzeiro será por uma temporada, com opção de renovação. Um grupo de empresários chileno tem os direitos de Seymour. Ele treina no Chile desde que se desligou do Genoa, da Itália.


As negociações entre o empresário brasileiro que participa das tratativas e o presidente Gilvan já estão bem adiantadas, faltando apenas o crivo do técnico Marcelo Oliveira para a transferência ser concretizada. Seymour já está convencido em se mudar para Belo Horizonte. 

No final de agosto, o volante esteve próximo de acertar com o Getafe, da Espanha. A demora na troca de documentos, entretanto, inviabilizou o negócio. No Brasil, equipes de menor expressão como Bahia e Figueirense tentaram a contratação de Seymour, mas o jogador não demonstrou interesse. 

Trajetória

Felipe Seymour foi formado na Universidad do Chile. Permaneceu no clube andino até 2011. Ele participou de dois jogos contra o Cruzeiro, em 2009, válidos pelas oitavas de final da Copa Libertadores – foi titular no jogo da ida, na vitória do Cruzeiro por 2 a 0, em Santiago, e utilizado no decorrer do confronto de volta, no Mineirão, quando La U também saiu derrotada por 1 a 0. 





Jorge Gontijo/EM/D.A. Press
Em 2011, Seymour foi negociado com o Genoa, da Itália, por 2 milhões de dólares. Ele assinou contrato por quatro temporadas e atuou em 15 oportunidades. Emprestado ao Catania ainda na mesma temporada, participou de 13 jogos. No ano seguinte, retornou ao Genoa e defendeu as cores da equipe em 16 partidas. No início de 2013, foi novamente emprestado, desta vez ao Chievo, clube no qual atuou em sete ocasiões. 


Na última temporada europeia, Seymour acertou com o Spezia, da Segunda Divisão da Itália, também por empréstimo. Foram 31 atuações e quase todas como titular – de julho de 2013 a julho de 2014. Seu último jogo pela equipe italiana, no entanto, foi em maio, há sete meses.


Em outubro deste ano, o volante negociou sua ida ao Argentinos Juniors, com quem assinaria contrato de dois meses para disputar o restante da Segunda Divisão local. Seymour havia sido indicado pelo técnico Cláudio Borghi, que acabou deixando o clube e inviabilizando a transferência.


O jogador tem passagem pela Seleção Chilena. Em 2011, ele disputou uma partida pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo no Brasil. Na ocasião, o Chile foi derrotado pelo Equador, por 3 a 1.


Paulinho
Outro nome especulado para o setor de meio campo do Cruzeiro foi o de Paulinho. De acordo com o presidente Gilvan, o atleta foi oferecido por seu empresário (Giuliano Bertolucci), mas o negócio não caminhou pela resistência do Tottenham em liberar o atleta por empréstimo. 
“Houve essa conversa sobre o Paulinho. Teve interesse do empresário de colocá-lo no Cruzeiro, mas o jogador foi comprado muito caro pelo clube da Inglaterra. Se o Tottenham liberasse, seria um grande reforço”, afirmou.


Felipe Seymour, de 27 anos, deve ser o primeiro reforço 'de ocasião' do clube




O Cruzeiro admitiu, nesta quinta-feira, o interesse na contratação do volante chileno Felipe Seymour, de 27 anos. O jogador está sem clube e não atua desde maio, quando defendia o Spezia, da Segunda Divisão italiana. Em contato com oSuperesportes, o presidente Gilvan de Pinho Tavares revelou a necessidade de o Cruzeiro contar com um jogador nas características de Seymour. 

“Tem a possibilidade de a gente contratar. É um primeiro volante de muita qualidade e nosso elenco tem necessidade de mais um jogador como esse. Se der certo, a gente vai buscar. Estamos conversando”, revelou. 

A reportagem apurou que, se o acordo for firmado, o vínculo com o Cruzeiro será por uma temporada, com opção de renovação. Um grupo de empresários chileno tem os direitos de Seymour. Ele treina no Chile desde que se desligou do Genoa, da Itália.


As negociações entre o empresário brasileiro que participa das tratativas e o presidente Gilvan já estão bem adiantadas, faltando apenas o crivo do técnico Marcelo Oliveira para a transferência ser concretizada. Seymour já está convencido em se mudar para Belo Horizonte. 

No final de agosto, o volante esteve próximo de acertar com o Getafe, da Espanha. A demora na troca de documentos, entretanto, inviabilizou o negócio. No Brasil, equipes de menor expressão como Bahia e Figueirense tentaram a contratação de Seymour, mas o jogador não demonstrou interesse. 

Trajetória

Felipe Seymour foi formado na Universidad do Chile. Permaneceu no clube andino até 2011. Ele participou de dois jogos contra o Cruzeiro, em 2009, válidos pelas oitavas de final da Copa Libertadores – foi titular no jogo da ida, na vitória do Cruzeiro por 2 a 0, em Santiago, e utilizado no decorrer do confronto de volta, no Mineirão, quando La U também saiu derrotada por 1 a 0. 





Jorge Gontijo/EM/D.A. Press
Em 2011, Seymour foi negociado com o Genoa, da Itália, por 2 milhões de dólares. Ele assinou contrato por quatro temporadas e atuou em 15 oportunidades. Emprestado ao Catania ainda na mesma temporada, participou de 13 jogos. No ano seguinte, retornou ao Genoa e defendeu as cores da equipe em 16 partidas. No início de 2013, foi novamente emprestado, desta vez ao Chievo, clube no qual atuou em sete ocasiões. 


Na última temporada europeia, Seymour acertou com o Spezia, da Segunda Divisão da Itália, também por empréstimo. Foram 31 atuações e quase todas como titular – de julho de 2013 a julho de 2014. Seu último jogo pela equipe italiana, no entanto, foi em maio, há sete meses.


Em outubro deste ano, o volante negociou sua ida ao Argentinos Juniors, com quem assinaria contrato de dois meses para disputar o restante da Segunda Divisão local. Seymour havia sido indicado pelo técnico Cláudio Borghi, que acabou deixando o clube e inviabilizando a transferência.


O jogador tem passagem pela Seleção Chilena. Em 2011, ele disputou uma partida pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo no Brasil. Na ocasião, o Chile foi derrotado pelo Equador, por 3 a 1.


Paulinho
Outro nome especulado para o setor de meio campo do Cruzeiro foi o de Paulinho. De acordo com o presidente Gilvan, o atleta foi oferecido por seu empresário (Giuliano Bertolucci), mas o negócio não caminhou pela resistência do Tottenham em liberar o atleta por empréstimo. 
“Houve essa conversa sobre o Paulinho. Teve interesse do empresário de colocá-lo no Cruzeiro, mas o jogador foi comprado muito caro pelo clube da Inglaterra. Se o Tottenham liberasse, seria um grande reforço”, afirmou.


 
Layout por Layous Ceu Azul | Cruzeiro Torcedor | por: Willian Ernani