Atleta fez três jogos como titular e entrou no decorrer de duas partidas do Cruzeiro


Atleta fez três jogos como titular e entrou no decorrer de duas partidas do Cruzeiro

A fase de Marcelo Moreno é positiva no Cruzeiro. Artilheiro do Campeonato Brasileiro com cinco gols, o boliviano tem média de um tento marcado a cada 62 minutos em campo. Dos sete jogos do time celeste na competição, ele atuou em cinco, sendo que em dois deles não foi titular (suspenso contra o Coritiba e não escalado diante do São Paulo).


O jogador deixou sua marca logo na estreia ante o Bahia, em Salvador. Acionado por Marcelo Oliveira, aos 28 minutos do segundo tempo, o atacante aproveitou escanteio no fim para balançar as redes. Na rodada seguinte, diante do Atlético-PR, Moreno entrou aos 26 minutos da segunda etapa, e fez o gol que garantiu o triunfo celeste.

Depois de se tornar titular na Copa Libertadores, diante do San Lorenzo, no Mineirão, o centroavante manteve a boa fase no Brasileiro e ficou de vez entre os 11. Ele marcou contra o Atlético, Sport e Internacional e não chegou a ser substituído nessas partidas.

Para os próximos dois jogos do Cruzeiro na competição, contra Corinthians e Flamengo, o boliviano será desfalque. Ele se apresentou à seleção de seu país e está fora. Porém, o jogador pode ficar mais tempo longe da equipe. Moreno será julgado nesta quarta-feira, pelo STJD, por ter insinuado que o árbitro Heber Roberto Lopes “roubou” no clássico contra o Atlético. Ele corre o risco de pegar gancho de até seis partidas e multa, se enquadrado em punição mais leve. Também existe a possibilidade de suspensão em dias, que varia de 30 a 120.

Emprestado até o fim da temporada, o Cruzeiro pode ter que abrir os cofres para ficar com o jogador em definitivo. O Superesportes apurou com fontes ligadas ao Grêmio que os direitos de Moreno estão fixados em 5,5 milhões de euros.






Atleta fez três jogos como titular e entrou no decorrer de duas partidas do Cruzeiro

A fase de Marcelo Moreno é positiva no Cruzeiro. Artilheiro do Campeonato Brasileiro com cinco gols, o boliviano tem média de um tento marcado a cada 62 minutos em campo. Dos sete jogos do time celeste na competição, ele atuou em cinco, sendo que em dois deles não foi titular (suspenso contra o Coritiba e não escalado diante do São Paulo).


O jogador deixou sua marca logo na estreia ante o Bahia, em Salvador. Acionado por Marcelo Oliveira, aos 28 minutos do segundo tempo, o atacante aproveitou escanteio no fim para balançar as redes. Na rodada seguinte, diante do Atlético-PR, Moreno entrou aos 26 minutos da segunda etapa, e fez o gol que garantiu o triunfo celeste.

Depois de se tornar titular na Copa Libertadores, diante do San Lorenzo, no Mineirão, o centroavante manteve a boa fase no Brasileiro e ficou de vez entre os 11. Ele marcou contra o Atlético, Sport e Internacional e não chegou a ser substituído nessas partidas.

Para os próximos dois jogos do Cruzeiro na competição, contra Corinthians e Flamengo, o boliviano será desfalque. Ele se apresentou à seleção de seu país e está fora. Porém, o jogador pode ficar mais tempo longe da equipe. Moreno será julgado nesta quarta-feira, pelo STJD, por ter insinuado que o árbitro Heber Roberto Lopes “roubou” no clássico contra o Atlético. Ele corre o risco de pegar gancho de até seis partidas e multa, se enquadrado em punição mais leve. Também existe a possibilidade de suspensão em dias, que varia de 30 a 120.

Emprestado até o fim da temporada, o Cruzeiro pode ter que abrir os cofres para ficar com o jogador em definitivo. O Superesportes apurou com fontes ligadas ao Grêmio que os direitos de Moreno estão fixados em 5,5 milhões de euros.





 
Layout por Layous Ceu Azul | Cruzeiro Torcedor | por: Willian Ernani