Cruzeiro 4x0 Minas Boca

Cruzeiro goleia Minas Boca e garante vaga na semifinal do Mineiro

Fotos: Washington Alves/Light Press

Da redação

Cláudio Antonio

Com mais uma apresentação bastante segura, digna da qualidade do atual campeão brasileiro, o Cruzeiro goleou o Minas Boca, de Sete Lagoas, por 4 x 0, na tarde deste sábado, primeiro dia de Carnaval, no Mineirão, pela 8ª rodada do Campeonato Mineiro, se isolou ainda mais na liderança e garantiu a classificação antecipada às semifinais da competição.

Bruno Rodrigo, Dagoberto, duas vezes, e Everton Ribeiro marcaram os gols da Raposa, que tem o melhor ataque e melhor defesa do torneio e volta a jogar contra o Nacional, na Quarta-feira de Cinzas, às 19h30, no estádio Soares Azevedo, em Muriaé.

O Maior de Minas teve dificuldades no início da partida, especialmente por causa da forte chuva que caiu durante todo o jogo e deixou o gramado pesado, cheio de poças d´água, prejudicando bastante o toque de bola da Raposa.

Sem poder imprimir o ritmo intenso de jogo que tradicionalmente faz quando atua no Gigante da Pampulha, a equipe celeste demorou um pouco a se encontrar na partida, mas mesmo, assim, era amplamente superior ao adversário.

A primeira chance de gol foi de Dedé, após falta cobrada por Dagoberto, mas o zagueiro chutou acima do gol. O atacante Dagoberto dava muito trabalho à defesa do Minas Boca e quase abriu o marcador, aos 15 minutos, em um chute da intermediária, que saiu à direita do gol de Cristiano.



A equipe de Sete Lagoas se segurava atrás de todas as maneiras e só não levou o gol por causa de uma importante intervenção de Reginaldo, em chute colocado de Marcelo Moreno. O zagueiro minas-boquense tirou a bola quase em cima da linha.

Apesar de ter atacado pouco, o adversário quase surpreendeu Fábio em um chute de longe de Gustavo, que o goleiro estrelado fez ótima defesa.

Aos 34, finalmente saiu o primeiro gol do atual campeão brasileiro, marcado pelo zagueiro Bruno Rodrigo, de cabeça, desviando falta cobrada por Dagoberto, pela direita. Cruzeiro 1 x 0.

Seis minutos depois, Dagobrto fez grande jogada individual, novamente pela direita, e marcou um belo gol, da entrada da área, sem chance alguma para Cristiano. Cruzeiro 2 x 0.

Aos 42, Bruno Rodrigo perdeu a bola para Ely Thadeu, que penetrou na área, mas o zagueiro cinco estrelas se recuperou e evitou a finalização do atacante adversário.

Goleada celeste

A Raposa voltou com tudo para a etapa final, quase ampliou em uma falta cobrada por Dedé, acima do gol do Minas Boca, mas fez o terceiro aos 6, em um pênalti muito bem batido por Dagoberto. Cruzeiro 3 x 0. A penalidade foi assinalada pelo árbitro em um lance em que o zagueiro Gustavo segurou Nilton dentro da área.

Apesar do placar amplamente favorável, o Melhor Clube Brasileiro do Século XX seguiu em busca de mais gols e teve tudo para marcar o quarto, com Everton Ribeiro, que recebeu lançamento na medida de Ricardo Goulart e chutou na trave.

Mas, aos 25, Everton Ribeiro deixou o dele, de cabeça, se aproveitando de passe açucarado do lateral-esquerdo Egídio. Raposa 4 x 0. A equipe celeste não estava satisfeita e manteve o ímpeto, em busca de uma goleada ainda maior, que quase saiu em chute de Dagoberto, que explodiu na trave, e em cabeceio de Dedé, na pequena área, que Cristiano fez excelente defesa.




CRUZEIRO 4 X 0 MINAS BOCA

Motivo: 8ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 01/03/2014 (sábado)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Gabriel Murta Barbosa Maciel (FMF)
Gols: Bruno Rodrigo, aos 23 min., e Dagoberto, aos 40 mi. do 1º tempo; Dagoberto, aos 6 min., e Everton Ribeiro, aos 25 min. do 2º tempo

Cruzeiro
Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Rodrigo Souza (Lucas Silva), Nilton, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart (Willian); Dagoberto e Marcelo Moreno (Elber)
Técnico: Marcelo Oliveira

Minas Boca
Cristiano; Micão, Gustavo Alves e Reginaldo; Rafinha, Gleisinho, Christiano Lima, Felipe (Renato Maranhão) e Leandrinho;  Ely Thadeu (Leozinho) e  Fábio Júnior (Radar)
Técnico: João Carlos

Cartões amarelos: Everton Ribeiro, Egídio e Dedé (Cruzeiro); Gustavo Alves (Minas Boca).


Fonte: Site Oficial do Cruzeiro! Acesse o Link da Fonte Clicando Aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por Comentar!

0

Cruzeiro goleia Minas Boca e garante vaga na semifinal do Mineiro

Fotos: Washington Alves/Light Press

Da redação

Cláudio Antonio

Com mais uma apresentação bastante segura, digna da qualidade do atual campeão brasileiro, o Cruzeiro goleou o Minas Boca, de Sete Lagoas, por 4 x 0, na tarde deste sábado, primeiro dia de Carnaval, no Mineirão, pela 8ª rodada do Campeonato Mineiro, se isolou ainda mais na liderança e garantiu a classificação antecipada às semifinais da competição.

Bruno Rodrigo, Dagoberto, duas vezes, e Everton Ribeiro marcaram os gols da Raposa, que tem o melhor ataque e melhor defesa do torneio e volta a jogar contra o Nacional, na Quarta-feira de Cinzas, às 19h30, no estádio Soares Azevedo, em Muriaé.

O Maior de Minas teve dificuldades no início da partida, especialmente por causa da forte chuva que caiu durante todo o jogo e deixou o gramado pesado, cheio de poças d´água, prejudicando bastante o toque de bola da Raposa.

Sem poder imprimir o ritmo intenso de jogo que tradicionalmente faz quando atua no Gigante da Pampulha, a equipe celeste demorou um pouco a se encontrar na partida, mas mesmo, assim, era amplamente superior ao adversário.

A primeira chance de gol foi de Dedé, após falta cobrada por Dagoberto, mas o zagueiro chutou acima do gol. O atacante Dagoberto dava muito trabalho à defesa do Minas Boca e quase abriu o marcador, aos 15 minutos, em um chute da intermediária, que saiu à direita do gol de Cristiano.



A equipe de Sete Lagoas se segurava atrás de todas as maneiras e só não levou o gol por causa de uma importante intervenção de Reginaldo, em chute colocado de Marcelo Moreno. O zagueiro minas-boquense tirou a bola quase em cima da linha.

Apesar de ter atacado pouco, o adversário quase surpreendeu Fábio em um chute de longe de Gustavo, que o goleiro estrelado fez ótima defesa.

Aos 34, finalmente saiu o primeiro gol do atual campeão brasileiro, marcado pelo zagueiro Bruno Rodrigo, de cabeça, desviando falta cobrada por Dagoberto, pela direita. Cruzeiro 1 x 0.

Seis minutos depois, Dagobrto fez grande jogada individual, novamente pela direita, e marcou um belo gol, da entrada da área, sem chance alguma para Cristiano. Cruzeiro 2 x 0.

Aos 42, Bruno Rodrigo perdeu a bola para Ely Thadeu, que penetrou na área, mas o zagueiro cinco estrelas se recuperou e evitou a finalização do atacante adversário.

Goleada celeste

A Raposa voltou com tudo para a etapa final, quase ampliou em uma falta cobrada por Dedé, acima do gol do Minas Boca, mas fez o terceiro aos 6, em um pênalti muito bem batido por Dagoberto. Cruzeiro 3 x 0. A penalidade foi assinalada pelo árbitro em um lance em que o zagueiro Gustavo segurou Nilton dentro da área.

Apesar do placar amplamente favorável, o Melhor Clube Brasileiro do Século XX seguiu em busca de mais gols e teve tudo para marcar o quarto, com Everton Ribeiro, que recebeu lançamento na medida de Ricardo Goulart e chutou na trave.

Mas, aos 25, Everton Ribeiro deixou o dele, de cabeça, se aproveitando de passe açucarado do lateral-esquerdo Egídio. Raposa 4 x 0. A equipe celeste não estava satisfeita e manteve o ímpeto, em busca de uma goleada ainda maior, que quase saiu em chute de Dagoberto, que explodiu na trave, e em cabeceio de Dedé, na pequena área, que Cristiano fez excelente defesa.




CRUZEIRO 4 X 0 MINAS BOCA

Motivo: 8ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: 01/03/2014 (sábado)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Gabriel Murta Barbosa Maciel (FMF)
Gols: Bruno Rodrigo, aos 23 min., e Dagoberto, aos 40 mi. do 1º tempo; Dagoberto, aos 6 min., e Everton Ribeiro, aos 25 min. do 2º tempo

Cruzeiro
Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Rodrigo Souza (Lucas Silva), Nilton, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart (Willian); Dagoberto e Marcelo Moreno (Elber)
Técnico: Marcelo Oliveira

Minas Boca
Cristiano; Micão, Gustavo Alves e Reginaldo; Rafinha, Gleisinho, Christiano Lima, Felipe (Renato Maranhão) e Leandrinho;  Ely Thadeu (Leozinho) e  Fábio Júnior (Radar)
Técnico: João Carlos

Cartões amarelos: Everton Ribeiro, Egídio e Dedé (Cruzeiro); Gustavo Alves (Minas Boca).


Fonte: Site Oficial do Cruzeiro! Acesse o Link da Fonte Clicando Aqui!

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário. Não publicamos neste blog comentários com palavras de baixo calão, denúncias levianas e troca de ofensas entre leitores.

 
Layout por Layous Ceu Azul | Cruzeiro Torcedor | por: Willian Ernani